Kundalini







O QUE É KUNDALINI? A palavra sânscrita tem sido traduzida de várias maneiras:
KUND – Que significa "Queimar" este é o significado essencial pois a Kundalini é fogo em seu sentido de abrasamento.
KUNDA – Que significa "Orifício ou Cavidade" Isso nos dá uma idéia do recipiente onde o fogo arde.
KUNDALA – Que significa "Bobina Espiral ou Anel" Temos aqui uma noção do modo pelo qual o fogo atua e se desenvolve.

Kundalini
KUNDALINI é uma importante energia correlacionada a evolução humana encontrando-se na região sacra da coluna vertebral.

A palavra Kundalini se originou de todos esses derivados, que atribuem uma feminilidade criativa do fogo, O fogo Serpentino, como algumas vezes é chamado, o poder criativo feminino que esta adormecido dentro de uma cavidade, dentro de um útero, despertando para o movimento rítmico da impetuosa subida e para emissão de torrentes de fogo. Ela é uma palavra que significa o aspecto feminino da força criativa da evolução, força esta que jaz adormecida, em sua potencialidade específica e muito particular, como que em posição fetal em um útero, na base da espinha dorsal humana. O poder de controle surge quando as regiões mais elevadas do caminho evolutivo estão sendo atingidas, regiões ainda imperceptíveis aos olhos da grande maioria da humanidade.
Kundalini encontra-se onde os três nadis (Ida, Pingala e Sushumna) se unem, simbolizando uma serpente enroscada dentro do chakra Muladhara, essa força energética deve ascender através dos nadis Sushumna, Ida e Pingala, passando por todos os chakras reavivando-os até alcançar o chakra Sahasrara, no alto da cabeça, assim o indivíduo alcançaria a meta suprema da iluminação.

Os Nadis são canais invisíveis para o fluxo de força psíquicas.


SUSHUMNA
Também conhecido como canal de fogo ou Sarasvati, um dos rios sagrados da Índia, Sushumna assemelha-se a um dos principais meridianos da acupuntura, ao meridiano Vaso Governador que se ergue na extremidade do cóccix, percorre a parte central das costas, passando pela parte posterior da cabeça e terminando no lábio superior. Para os hindus, Sushumna faz seu caminho do vértice passando pelo interior da medula terminando por atingir a região sacra. O próprio Sushumna tem uma natureza trina, contendo forças mais sutis dispostas umas dentro das outras, sendo a mais interior delas, chitrini, de onde partem pedúnculos ou ramos que atravessam o corpo humano e vão terminar na parte anterior do corpo abrindo-se em forma de rosáceas, formando os chakras (Chakra é uma palavra sânscrita que significa "roda" também denominado "vórtice" não fisiológicos ou anatômicos do corpo humano). Os chakras também são denominados centros de força pelos ocidentais, por serem responsáveis por transformar e adaptar a energia aos órgãos e tecidos do corpo físico. Essa corrente é harmonizadora por natureza. Ainda em seu aspecto trino, a seguir de chitrini, vem vajra cuja natureza é ativada e vigorosa. E por fim o canal externo sushumna cuja tendência natural é voltada para a inércia e inatividade.

IDA
Também conhecido por chandra, a lua, ou o rio Ganges. Partindo da narina esquerda este nadi percorre as regiões cervical, dorsal e lombar do corpo humano, paralelamente à coluna vertebral até unir-se a Sushumna na região sacra.

PINGALA
Também conhecido como surya, o sol ou o rio Yamuna, Pingala parte da narina direita, percorre o mesmo caminho de Ida paralelamente à coluna vertebral até unir-se a Sushumna na região sacra.

Algumas autoridades no assunto declaram que os dois nadis, Ida e Pingala formam um padrão que envolve os chakras, outros porém, dizem que os chakras emergem das junções onde Ida e Pingala atravessam o Sushumna. Segundo os registros o Ida, à esquerda, e o Pingala, a direita enroscam-se em Sushumna como as duas serpentes se enroscam na caduceu do deus mensageiro Hermes.
A farmacologia utiliza esse símbolo como fruto da inteligência, conceitua-se que Jesus serve-se desse símbolo quando reporta aos seus discípulos: "Sede inteligentes como as serpentes"... ... Assim como Moisés, no deserto, ergueu às alturas a serpente, assim deve também o filho do homem ser erguido às alturas.
Podemos dizer que à uma mente não preparada, existe a procriação animal, inspirada pela libido animal intelectualizada, tal inteligência baseada nos sentidos, torna-se incapaz de elevar-se por si mesma acima do mundo material, sendo apenas sublimada pela razão espiritual em sua total integração para com ela, pois enquanto a inteligência não se separar dos sentidos materiais, a Kundalini continuará rastejante.
Podemos dizer que a Kundalini ascende de acordo com os méritos do coração.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cigana Esmeralda, Nomes ciganos, significados e dominações...

Usos, costumes e crenças do povo das estrelas...Parte II

Numerologia cigana e espírito cigano guardião