Incorporação



Tomada do corpo do médium por um guia ou espírito; descida, transe mediúnico.

O Espírito não entra num corpo como entras numa casa. Identifica-se com um Espírito encarnado, cujos defeitos e qualidades sejam os mesmos que os seus, a fim de obrar conjuntamente com ele. Mas, o encarnado é sempre quem atua, conforme quer, sobre a matéria de que se acha revestido. Um Espírito não pode substituir-se ao que está encarnado, por isso que este terá que permanecer ligado ao seu corpo até ao termo fixado para sua existência material.” (KARDEC, 2007a, p. 282, grifo nosso).

Partindo desse princípio por sinal muito bem embasado por Kardec, creio que a incorporação tem a ver sim com o estado em que a matéria "corpo físico" se encontre. Se a mente e matéria  do indivíduo que está em transe estiver realmente conectada com o guia ou espírito ele vai saber sim fazer um bom uso dessa conexão mais existem vários casos a serem analisados. 

Quero partir para a discussão prática sobre esse assunto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cigana Esmeralda, Nomes ciganos, significados e dominações...

Usos, costumes e crenças do povo das estrelas...Parte II

Numerologia cigana e espírito cigano guardião